A internet, desafio para psicanálise.

 

A internet, desafio para psicanálise.

Por

Sérgio Costa.

A internet, desafio para psicanálise ao expor a inconsistência de sua unidade: da clinica à política, passando pelas teorias, a hiper exposição de nossos fazeres e posições nos lembra que pode haver mais diferenças do que semelhanças no que se denomina e se pratica como psicanálise. A velocidade da informação , por exemplo, nos convoca a questionar a temporalidade, mesmo a partir da ideia já conhecida do “ só depois” . E o novo tempo questiona seus efeitos na subjetividade do sujeito contemporâneo. Efeitos que podem inclusive ser interpretados como novas formas de mal- estar, que desafiaram a clinica diária de um analista preocupado em não formatar sua escuta apenas com quadros fixos no passado. O que, por outro lado, pode levá-lo a uma demanda diária de update- mais impossível do que o próprio psicanalista.
Não se trata, portanto, de um lugar de criticas externas conceituais ou epistemológicas, mas antes uma circulação incessante de saberes, que faz vacilar o suporte de qualquer discurso que afirme “ isto é psicanálise “ .

 

NEPP

  • Horário de atendimento
    De segunda a sexta de 9 às 18h
  • (51) 3224-5908
  • (31) 98926-0372
  • contato@nepp.com.br
  • 22 Visualizações
  • Copyright © 2017 NEPP – Núcleo de Estudos e Pesquisas em Psicanálise